Você está em:

Diversos

Tupy alcança faturamento recorde em 2019

 

A palavra “recorde” tem feito parte dos anúncios dos resultados trimestrais da catarinense Tupy há algum tempo. Ao revelar o desempenho da companhia no ano passado, não foi diferente. A empresa alcançou um faturamento recorde de R$ 5,1 bilhões, valor 6,9% maior que o exercício de 2018, mesmo diante de uma queda de 5,4% no volume físico de vendas. O lucro foi de R$ 278,9 milhões, avanço de 2,7% sobre o ano anterior – também uma marca histórica. 

 

De acordo com o relatório anual da companhia, o volume de vendas foi afetado, no segundo semestre do ano, pelo desempenho de aplicações off-road, refletindo a postergação de investimentos decorrentes de incertezas políticas (especialmente a disputa comercial entre Estados Unidos e China), fato que impactou a demanda por máquinas e equipamentos. O mercado externo representou 81,9% da receita.

 

As vendas no exterior apresentaram aumento de 12% quando comparadas ao ano anterior, com destaque para aplicações utilizadas em veículos comerciais. No mercado externo, as receitas registraram um aumento de 5,9%, resultado sobretudo da performance das aplicações de veículos comerciais leves.

 

“A entrada de novos programas acrescentou perspectivas extraordinárias de médio prazo, porém, trouxe maior complexidade aos nossos processos, especialmente na renovação ampla de produtos no México, onde o resultado do primeiro trimestre foi impactado pela curva de aprendizado. Mas, ao longo do ano, fomos observando o impacto positivo destas atividades nas nossas margens, sendo que os efeitos serão ainda mais visíveis em 2020, e nos anos a seguir”, projeta Fernando Cestari de Rizzo, presidente da Tupy. 

 

A Tupy é a 26ª maior empresa da região e a 9ª de Santa Catarina, de acordo com o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado por AMANHÃ com o apoio técnico da PwC. 

 

 

fonte: RevistaAmanhã


Comente









Notícias Gerais