Você está em:

Diversos

Israel desenvolve cabine para testes rápidos da covid-19

 

As ruas de Tel Aviv, em Israel, receberam cabines de testes rápidos para o coronavírus. A estrutura permite que clientes de planos de saúde, como o Maccabi Healthcare, sejam examinados sem ter contato sequer com os enfermeiros.

 

Dentro da cabine, um profissional de saúde, vestindo uma blusa azul e uma máscara, desliza as mãos por luvas pretas de borracha através de duas janelas fechadas e insere um cotonete na boca e no nariz da pessoa do outro lado do vidro.

 

O cotonete é então colocado em um tubo e em uma geladeira que será transportada para um laboratório onde a amostra será analisada, explica Michael Attal, responsável pelo projeto do plano de saúde Maccabi.

 

Cabines desse tipo foram produzidas pelas empresas de assistência médica em conjunto com parceiros civis e militares. 

 

Os resultados dos testes são processados ??em algumas horas e enviados ao prontuário eletrônico do paciente. 

 

O desenvolvimento da cabine sem contato levou menos de uma semana.

 

"Após provar ser uma maneira fácil e segura de testar pacientes com risco mínimo, o estande que criamos está despertando interesse nacional e internacional", disse Ran Sa'ar, CEO da Maccabi Healthcare.

 

"Ficaríamos felizes em compartilhar os planos de design com qualquer organização de saúde em todo o mundo, a fim de apoiar nossa missão compartilhada de combater o vírus da covid-19".

 

Israel tem ganhado destaque mundialmente por suas respostas rápidas à pandemia da covid-19, adotando medidas de bloqueio desde o início e introduzindo soluções tecnológicas para ajudar a combater a propagação da doença.

 

Houve 140 mortes por covid-19 no país, com 12.591 infecções e 2.624 recuperações.

 

 

fonte: R7


Comente









Notícias Gerais